blog
Data:15/08/2015 Hora: 22:28:40 | postado: Wash de Souza | Em: Mundo

Passa de cem o número de vítimas de explosões em Tianjin, na China

Ao menos 104 pessoas morreram na série de explosões que ocorreram na quarta-feira (12) na cidade portuária de Tianjin, no nordeste da China, segundo o boletim mais recente publicado neste sábado (15) pela agência oficial chinesa "Xinhua".   Soldados acharam com vida um homem de cerca de 50 anos que estava a aproximadamente 50 metros do epicentro das deflagrações. Ele sofria com queimaduras nas vias respiratórias, mas foi encontrado em condições estáveis após sobreviver por três dias em um container.   As autoridades chinesas ordenaram a evacuação de todos os moradores em um raio de três quilômetros do epicentro das explosões em um armazém do porto da cidade, em meio a temores de uma possível contaminação química   A ordem foi ditada depois que forças militares especializadas em produtos químicos entraram neste sábado no local exato das explosões com o objetivo de encontrar possíveis sobreviventes e investigar as causas da tragédia.   O boletim anterior da agência falava em 85 mortos, sendo 21 deles bombeiros, centenas de feridos e um número incerto de desaparecidos.Outras 721 pessoas foram hospitalizadas, das quais 25 estão em estado crítico e 33 em estado grave.   Leia a Matéria Completa
blog
Data:12/08/2015 Hora: 23:06:44 | postado: Wash de Souza | Em: Mundo

Preso que pediu para acelerar sua execução será morto no Texas

O presidiário Daniel Lee Lopez tem tentado acelerar sua execução desde que foi condenado à morte há cinco anos, por atropelar e matar um policial com um SUV durante uma perseguição. Na quarta (12), ele espera atingir seu objetivo.   O homem de 27 anos deve morrer em Huntsville, depois que uma corte aprovou seu pedido para desistir das apelações. Um segundo preso que deveria ser executado esta semana no Texas, o estado dos EUA mais ativo no cumprimento da pena de morte, conseguiu um adiamento na terça.   Lopez irá receber uma injeção letal pela morte, em 2009, do tenente Stuart Alexander, em Corpus Christi. O oficial, de 47 anos, estava de pé em um gramado, ao lado de uma rodovia que havia acabado de sinalizar, quando foi atingido pelo veículo utilitário no qual Lopez estava fugindo.   Na semana passada, no corredor da morte, Lopez disse: “é uma perda de tempo ficar sentado aqui. Sinto que tenho que acabar com isso”.   Advogados de defesa se recusaram a aceitar suas intenções, questionando a decisão da corte federal de que Lopez era mentalmente competente para se voluntariar à execução. Eles apelaram à Corte Suprema dos EUA para suspender a pena, argumentando que seu crime não era passível da pena de morte porque ele não teve... Leia a Matéria Completa